quarta-feira, 31 de julho de 2013

O Oceano no Fim do Caminho - Neil Gaiman

Neil Gaiman é um autor de romances e de quadrinhos. 
Sua obra Stardust foi para o cinema em 2007, com Stardust - O Mistério da Estrela. 
É dele a famosa série de quadrinhos Sandman, criada em 1988 para a Vertigo, um selo para adultos da DC Comics. Tem como personagem principal Sandman, a personificação do Sonho, governante do Sonhar (o Mundo dos Sonhos).

Seu novo livro O Oceano no Fim do Caminho foi lançado no Brasil ao mesmo tempo que nos EUA, Reino Unido, Canadá e Austrália, em junho, pela editora Intrínseca

A história é contada por um narrador-personagem, de meia-idade, que não sabemos o nome. 
Em Sussex, na Inglaterra, em um dia em que ele vai a um funeral. Ele visita sua antiga casa, e uma fazenda, no final da estrada, que pertencia à família de Lettie Hempstock, sua amiga de infância.
E lá ele começa a se lembrar do passado, de como tudo começou.
Quando os tempos ficaram difíceis e seus pais decidiram que o quarto no alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos.
Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.
Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.

Esse livro é muito mais do que você espera.
Como uma fábula, é fácil acompanhar o personagem, com a criança que sempre temos dentro de nós. Como ele é acolhido pelas mulheres Hempstock, que nos transmite muito bem o aconchego da fazenda, das comidas gostosas. E da amizade, fundamental naquele momento e que deixou marcas para sempre.
Link para comprar: Submarino

Deixe seus comentários.
Se conhece o autor, se já leu o livro, ou se ficou com vontade de ler.
:)

Até a próxima, beijos.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Trilogia Millennium

São três livros escritos pelo autor Stieg Larsson. Ele foi um dos mais influentes jornalistas e ativistas políticos suecos. Na revista Expo, fundada por ele, denunciou organizações neofascistas e racistas. É co-autor de Extremhögern, livro sobre a extrema direita em seu país. 
Faleceu em 2004, aos 50 anos, vítima de um ataque cardíaco. 

O tema da violência sexual contra mulheres nos seus livros se explica pelo fato de que Larsson testemunhou o estupro coletivo de uma jovem quando ele tinha 15 anos. Ele nunca se perdoou por não ajudar a garota, cujo nome era Lisbeth - como a jovem heroína de seus livros, e resolveu dedicá-los a ela.

Os Homens que não Amavam as Mulheres é o primeiro volume e se passa na circunvizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, foi fechado o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada.
Quase quarenta anos depois o industrial contrata o jornalista Mikael Blomkvist para conduzir uma investigação particular. Mikael, que acabara de ser condenado por difamação contra o financista Wennerström, preocupa-se com a crise de credibilidade que atinge sua revista, a Millennium. Henrik lhe oferece proteção para a Millennium e provas contra Wennerström, se o jornalista consentir em investigar o assassinato de Harriet. Mas as inquirições de Mikael não são bem-vindas pela família Vanger. Muitos querem vê-lo pelas costas. Ou mesmo morto. Com o auxílio de Lisbeth Salander, que conta com uma mente infatigável para a busca de dados - de preferência, os mais sórdidos -, ele logo percebe que a trilha de segredos e perversidades do clã industrial recua até muito antes do desaparecimento ou morte de Harriet. E segue até muito depois... até um momento presente, desconfortavelmente presente.

Foi publicado em 2010 pela Companhia das Letras.

Em 2010 foi lançado o filme, com Michael Nyqvist e Noomi Rapace, e o diretor Niels Arden Oplev. Noomi e Niels voltaram a trabalhar juntos em Dead Man Down (Sem Perdão).
Ganhou como Melhor Filme Estrangeiro no BAFTA em 2011.

Em 2012 veio a versão americana, Millennium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres. Com Daniel Craig, de 007 - Quantum of Solace e Operação Skyfall, e Rooney Mara, totalmente transformada para o papel de Lisbeth.

O diretor foi David Fincher, o mesmo de Clube da Luta, O Quarto do Pânico, O Curioso Caso de Benjamin Button e A Rede Social.
Trailer:

 O segundo volume, A Menina Que Brincava Com Fogo mostra Lisbeth Salander acusada de triplo assassinato, e a polícia está em seu encalço. A jovem hacker é esquiva, egoísta e pode ser muito violenta quando provocada. Mikael Blomkvist, editor-chefe da revista Millennium, sabe muito bem disso. Mas, ao contrário do restante da imprensa, que não se acanha em crucificá-la, ele acredita na inocência da moça. Para ele, os homicídios relacionam-se a uma série de reportagens que a Millennium pretendia publicar sobre o tráfico de mulheres provenientes do Leste Europeu. Um esquema de corrupção cujos tentáculos alcançam promotores, juízes, policiais e jornalistas. Lisbeth livrou Mikael da morte dois anos antes. Agora ele tem como retribuir.

Veja o trailer do filme sueco:


E fechando a série, vem A Rainha do Castelo de Ar.
 Neste terceiro e último volume da série, Lisbeth Salander se recupera, num hospital, de ferimentos que quase lhe tiraram a vida, enquanto Mikael Blomkvist procura conduzir uma investigação paralela que prove a inocência de sua amiga, acusada de vários crimes. Mas a jovem não fica parada, e muito mais do que uma chance para defender-se, ela quer uma oportunidade para dar o troco. E agora conta com excelentes aliados. Além de Mikael, jornalista investigativo que já desbaratou esquemas fraudulentos e solucionou crimes escabrosos, no mesmo front estão Annika Giannini, advogada especializada em defender mulheres vítimas de violência, e o inspetor Jan Bublanski, que segue sua própria linha investigativa, na contramão da promotoria.
Com a ajuda deles, Lisbeth está muito perto de desmantelar um plano sórdido que durante anos se articulou nos subterrâneos do Estado sueco, um complô em cujo centro está um perigoso espião russo que ela já tentou matar. Duas vezes.
"A Rainha do Castelo de Ar" enfoca de modo original as mazelas da sociedade atual, tendo conquistado um lugar único na literatura policial contemporânea.

Também virou filme. Trailer:




Links para comprar o box: Submarino 

A obra chegou em 35 países, totalizando mais de 20 milhões de exemplares vendidos no mundo. Vale a pena conferir.
Por enquanto a Sony Pictures ainda não tem certeza se deseja continuar com a trilogia na versão americana, mas as versões suecas satisfazem muito bem a quem assiste.

Gostaram?
Deixe seus comentários.

Até a próxima!

terça-feira, 23 de julho de 2013

Elixir - Hilary Duff

"Elixir" é o primeiro livro de uma trilogia, com autoria da Hilary Duff. Foi lançado em 2011 pela iD editora.
Esteve na lista de best-seller do The New York Times.

Conta a história de Clea Raymond, filha de um renomado cirurgião e de uma importante política. Ela trabalha com fotojornalismo, viajando por vários países. O pai dela desapareceu durante uma missão humanitária no Brasil e foi considerado morto, mas ela nunca desistiu de encontrá-lo e descobrir o que realmente aconteceu. Clea começa a perceber em suas fotos a imagem de um homem que ela nunca viu antes. Ele sempre está em algum pedaço da imagem. Ela também começa a ter sonhos com ele, como se fosse de vidas passadas. É durante uma viagem ao Brasil com seu melhor amigo Ben para fotografar o Carnaval que ela encontra Sage, o misterioso homem das fotos. Logo os dois sentem uma forte conexão, e ele ainda pode ter respostas sobre o desaparecimento do pai de Clea, e ajudar na sua busca.
Um bom romance, mistério e fantasia.
Em 2012 foi publicado o segundo volume, "Devoted".
Sage foi sequestrado e Clea não vai sossegar até reencontrá-lo. Com a ajuda de Ben, seu grande amigo, ela sai em busca de Sage e os dois têm de se aliar à Vingança Maldita, antigos inimigos, para tentar chegar até onde ele está. 
Vamos conhecer novos personagens e descobrir mais sobre o Elixir.
Em abril deste ano foi lançado o terceiro e último da série, "True". Ainda sem previsão para o Brasil.
Veja a capa:
A história é cheia de surpresas e sempre nos deixa querendo mais.

Já leu Elixir? O que espera da conclusão da saga?
Gosta da Hilary?
Deixe seus comentários.

Até a próxima!

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Jogos Vorazes

Jogos Vorazes é uma série literária de Suzanne Collins. Foi publicada nos Estados Unidos em 2008 e chegou ao Brasil em 2010, pela Editora Rocco. Em Chamas e A Esperança vieram em 2011, completando a trilogia.
Já vendeu mais de 23 milhões de cópias em todo o mundo, traduzido para 26 idiomas diferentes e com os direitos vendidos para 38 países.


















The Hunger Games se passa em uma nação chamada Panem, após a destruição da América do Norte. Panem é formada pela Capital, que é rodeada por doze distritos mais pobres, definidos por uma sequência numérica que vai de 1 a 12. Antes havia um 13º distrito, que foi eliminado pela Capital nos chamados Dias Escuros por terem se rebelado. Para lembrar as pessoas do seu poder, a Capital criou os Jogos Vorazes, uma competição anual que é transmitida ao vivo pela televisão para toda a população. Durante a celebração do Dia da Colheita, são selecionados por sorteio uma garota e um garoto entre doze e dezoito anos de cada distrito. Os tributos, como são chamados, vão para uma enorme arena controlada pela Capital, onde precisam lutar até a morte contra armadilhas, perigos, para que no fim reste apenas um sobrevivente.
Katniss Everdeen tem dezesseis anos e mora no Distrito 12 com a mãe e a irmã Prim, quatro anos mais nova. Esse distrito fica em uma região rica em carvão. Katniss perdeu o pai em uma explosão numa mina quando tinha onze anos. Ela sustenta sua família caçando ilegalmente na floresta, junto com seu melhor amigo Gale Hawthorne que também perdeu o pai na mesma explosão. No dia da colheita, sua irmãzinha é selecionada para participar dos Jogos, mas ela se oferece para ir em seu lugar. O outro tributo do Distrito 12 é Peeta Mellark, filho de um padeiro, que tem a mesma idade de Katniss e estuda na mesma escola que ela. Apesar de não ter muito contato com Peeta, a garota sente que lhe deve algo por ele ter ajudado quando sua família estava faminta, após a morte do pai.
Depois de selecionados, Katniss e Peeta são levados para a Capital, onde se encontram com os outros tributos. Eles têm como mentor Haymitch Abernathy, o único do Distrito 12 ainda vivo que venceu os Jogos no passado, e agora é alcoólatra. Katniss conhece Cinna, o estilista responsável por sua aparência nas apresentações em público, que são importantes para ajudar a ganhar patrocinadores - que pagam para que o tributo receba ajuda, como mantimentos e remédios, quando estiver na arena. Ao longo dos dias na Capital, Katniss e Peeta ganham uma transformação em suas aparências, são treinados e fazem apresentações em público. 
Até onde cada um estará disposto a ir para vencer os jogos?
Até onde vai a opressão do governo, a submissão e sofrimento do povo de Panem?
São questões abordadas nos livros.

Em 2012 veio o filme, com Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Elizabeth Banks, Stanley Tucci, e outros.

Arrecadou US$211,8 milhões nas bilheterias no primeiro final de semana, chegando a US$ 700 milhões pelo mundo todo. Foi o filme mais caro produzido pela Lionsgate até então.
Jennifer Lawrence já ganhou o Oscar como Melhor Atriz pelo filme O Lado Bom da Vida.
Liam Hemsworth, irmão do Thor Chris Hemsworth, fez A Última Música.
O Josh Hutcherson atuou em Minhas Mães e Meu Pai e está cotado para trabalhar com Logan Lerman no  filme de comédia “The Bluff”.
Elizabeth Banks foi a secretária Betty Brant nos três filmes do Homem-Aranha, fez Prenda-me Se For Capaz, Três Vezes Amor, com Ryan Reynolds, e O Que Esperar Quando Você Está Esperando.

Dia 22 de novembro estreia a continuação, Em Chamas.
Veja o trailer:


O diretor Gary Ross foi substituído por Francis Lawrence, o mesmo de Eu Sou a Lenda e do Água para Elefantes. Ele também vai dirigir os próximos dois títulos da saga.
"A esperança – Parte 1" tem previsão de chegar aos cinemas em 21 de novembro de 2014, e "A esperança – Parte 2" estreará em 20 de novembro de 2015.

Já leu os livros?
Gostou do filme?
O que espera de Em Chamas?
:)

Até a próxima, beijos.

Bruxos e Bruxas - James Patterson

Bruxos e Bruxas é o primeiro livro da série, de James Patterson e Gabrielle Charbonnet.
O autor bateu o recorde com o maior número de títulos entre os mais vendidos, 76, do The New York Times. Foram mais de 160 milhões de cópias vendidas pelo mundo, traduzidas para mais de 38 idiomas.
Foi lançado em junho pela editora Novo Conceito.

É como entrar em um pesadelo. Do nada, você é retirado de sua casa, preso, e acusado de bruxaria. Parece século 17, mas é o governo da Nova Ordem, e está acontecendo agora!
Sob a ideologia da Nova Ordem, O Único Que É O Único mantém seu poder à força, sem música, nem internet, nem livros, arte ou beleza. E ter menos de 18 anos já é motivo suficiente para que você seja suspeito de conspiração.
Os irmãos Allgood estão encarcerados nesse pesadelo e, para escapar desse mundo de opressão e medo, terão que contar um com o outro e aprender a usar a magia.
Do autor best-seller James Patterson, Bruxos e Bruxas é uma saga para se ler… antes que seja tarde.

Whit e Wisty, de 17 e 15 anos respectivamente, são retirados de casa, acusados de bruxaria e levados para o Presídio da Nova Ordem, onde acontece um julgamento e acabam condenados à morte. Há muitos outros jovens também presos, até crianças, pelos motivos mais banais.
Os dois vão descobrindo seus poderes, que até os assustam no começo, mas percebem que podem e devem usá-los para saírem dessa situação e derrubar a Nova Ordem.
"Eles têm medo de mudança, e nós precisamos mudar.
Eles têm medo dos jovens, e nós somos os jovens.
Eles têm medo de música, e música é a nossa vida.
Eles têm medo de livros, e do conhecimento, e de ideias.
Acima de tudo, eles têm medo da nossa magia."
(pág. 244)


A narração dos capítulos é intercalada entre cada irmão. A Wisty é bem irônica e Whit também não deixa por menos. Os dois respondem e encaram de frente seus inimigos.
A leitura é cheia de ação e de surpresas. Faz você querer a continuação na hora.
Quem gosta desse gênero de fantasia (muita fantasia), suspense e ação, Bruxos e Bruxas é uma boa indicação.

Não tem como não lembrar dos países com governos ditatoriais, onde não há liberdade de expressão, de informação, e o controle está em tudo. De alguma forma, essa é a realidade deles, desses jovens que não tem acesso a comunicação, liberdade.

Ainda não tem previsão de lançamento dos próximos títulos no Brasil. Vamos aguardar.

Deixe seus comentários.
Já leu Bruxos e Bruxas?
Ficou interessado?

Até a próxima, beijos.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

A Seleção

A Seleção é uma trilogia da autora Kiera Cass. O primeiro livro foi lançado ano passado e o segundo A Elite chegou em abril, pela Editora Seguinte

A história se passa no futuro, em um país chamado Illéa (depois de os Estados Unidos se tornar o Estado Americano da China), uma monarquia com a sociedade dividida em castas. Desde a Um, da família real, até a Oito, dos que vivem na miséria. 
America Singer é uma Cinco e vive na província de Carolina em Illéa. Quando a carta avisando sobre A Seleção chega, sua mãe tenta convencê-la a enviar o formulário de inscrição, pois seria uma ótima oportunidade e ajudaria a família. Mas America nem pensa em participar da competição, serão 35 garotas escolhidas para decidir qual será esposa do príncipe, a futura princesa e, um dia, rainha. Com todo o país acompanhando a disputa. 
Ela tem uma personalidade forte, não fica nem um pouco deslumbrada por esse sonho.
Seu namorado Aspen é da casta Seis, e eles se encontram escondidos por 2 anos. Ela já tem uma vida planejada ao lado dele, mesmo sendo de castas diferentes e a dificuldade que eles teriam que passar para ficarem juntos.
Ele também acaba pedindo para ela se inscrever, não quer que ela deixe de ter uma vida melhor. Ela não acredita que seria selecionada, mas acaba aceitando e manda a inscrição. 
Eis que ela é uma das 35 Filhas de Illéa convocadas para A Seleção. Ela se muda para o Palácio, conhece o príncipe Maxon, aprende como são tomadas as decisões pelo país. Ela vê que por trás daquele príncipe que parecia superficial e frio, existia um garoto normal, e cheio de qualidades. Sua vida nunca mais será a mesma. Fora que existem grupos rebeldes contra o governo e nem o Palácio está a salvo.

Em O Príncipe nós temos a versão de Maxon antes da competição começar, suas expectativas e inseguranças, como é a rotina, a vida em meio a compromissos no palácio, e as primeiras impressões quando encontra as garotas da Seleção.
É gratuito e está disponível aqui ou na Saraiva, somente no formato digital. 
O aplicativo é fácil de instalar.

Em A Elite agora restam 6 meninas na busca da conquista do coração do príncipe Maxon, e da coroa.
Vamos conhecer mais um pouco dos personagens, da história de Illéa, e ver America ainda mais pressionada, para decidir se poderia mesmo ocupar o posto de princesa, seus sentimentos entre dois amores e os conflitos entre as candidatas.
Qual capa é mais linda? haha


A autora Kiera Cass vai participar da Flica - Festa Literária Internacional de Cachoeira, na Bahia. Ela estará no dia 25 de outubro, na mesa “Lirismo, Sonhos e Imaginários”, falando sobre esta literatura de conto de fadas que construiu e conquistou jovens de vários países.

The One, o terceiro e último da série, tem previsão de lançamento para o primeiro semestre do ano que vem.

Gostaram?
Deixe seus comentários se já leu, ou o que achou agora que conheceu a série.
:)

Até a próxima!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Vampire Academy / Bloodlines

A série literária Vampire Academy, de Richelle Mead, já foi best-seller desde o começo. Os livros da autora foram traduzidos para mais de doze línguas.
O primeiro volume Vampire Academy - O Beijo das Sombras foi publicado em 2009 pela editora Nova Fronteira. Em seguida vieram Aura Negra, Tocada Pelas Sombras, Promessa de Sangue, Laços do Espírito e, o sexto e último, Último Sacrifício, com lançamento marcado para agosto.



















Na história, há três raças de vampiros. Os Moroi, os Strigoi e os Dhampir, que são meio vampiro e meio humanos. Lissa Dragomir é a última de sua família, uma das doze famílias reais dos Moroi, e sua melhor amiga Rose Hathaway vai se tornar uma guardiã, pois os Moroi são ameaçados pelos Strigoi. Eles só se alimentam do sangue dos Moroi.
Elas fogem da St. Vladimir's Academy e estão por dois anos se escondendo, até que elas são encontradas por Dimitri Belikov, outro guardião que vai treinar Rose na escola. 
Em O beijo das sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir, como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar as consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar? 
Richelle Mead dá uma nova face à literatura vampiresca com este romance: mais ácida, apimentada e inteligente do que nunca, a saga dos Moroi e seus guardiões surpreende pelas reviravoltas e pela ousadia desses personagens cativantes.

Foi lançado também um spin-off da série em 2011. São três livros até agora: Laços de Sangue, O Lírio Dourado e The Indigo Spell. The Fiery Heart tem lançamento previsto para novembro deste ano nos EUA.
No Brasil o primeiro foi lançado em junho e o segundo chega em novembro, pela Editora Seguinte.

L-I-N-D-A capa
Leia a sinopse:
Sydney estava encrencada. Em sua última missão, ela tinha ajudado a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger: os humanos.
Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável: ajudar a esconder Jill Dragomir, uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso ela seja capturada e assassinada, a rainha Lissa ficará sem nenhum parente vivo e, como manda a lei, terá de abdicar do trono - o que culminará numa guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade.

Assim, pelo bem dos humanos, Sydney aceita se disfarçar de estudante e passa a conviver diariamente com Jill e seu guardião Eddie. Mas entre uma conversa e outra, ela começa a ter a sensação de que talvez esses seres estranhos não sejam tão maus assim, principalmente Adrian, um vampiro muito próximo de Jill que desperta os sentimentos mais contraditórios e proibidos em Sydney. Caberá a ela resolver todos esses mistérios e garantir a paz entre os humanos antes que seja tarde demais.

E o primeiro capítulo aqui.
Mesmo quem ainda não conhece Vampire Academy pode ler Laços de Sangue; são novos personagens e outra história para aproveitar. E quem já leu vai poder se aprofundar nesse universo e ver um pouco mais dos antigos personagens.

Em 2014 teremos também o filme de Vampire Academy.
Veja o trailer:


Com direção de Mark Waters, o mesmo de Meninas Malvadas, E Se Fosse Verdade e As Crônicas de Spiderwick.
Zoey Deutch será a Rose. Ela apareceu em Dezesseis Luas. O russo Danila Kozlovsky fará o Dimitri, e quem vai interpretar Lissa Dragomir é a Lucy Fry.

 Vamos ficar de olho e aguardar pelo filme, que promete ser um grande sucesso.

Agora deixe seus comentários.
Já leu Vampire Academy?
O que achou de Laços de Sangue?
O que espera do filme?  :)

Até a próxima!

terça-feira, 9 de julho de 2013

Fios de Prata - Raphael Draccon

Raphael Draccon é roteirista, romancista, editor e foi coordenador editorial do selo Fantasy - Casa da Palavra.
Aos 20 anos recebeu um Prêmio de Mérito da American Screenwriter Association (ASA) por seu primeiro roteiro de longa-metragem, escrito durante o 1º período da faculdade, o drama sobrenatural “In Your Hands”.
Aos 22, escreveu o primeiro volume da série de literatura fantástica Dragões de Éter, lançado pela primeira vez em 2007. A série atingiu a marca de 200 mil exemplares vendidos no Brasil e o box da trilogia alcançou o 1º lugar do portal Submarino, onde permaneceu por um ano como o livro mais desejado do site. 
Em 2013 entrou para o hall de autores do grupo editorial Random House, com a venda dos direitos em língua espanhola de Dragões de Éter para a Random House Mondadori.
Outra obra dele, Espíritos de Gelo, também foi publicada em Portugal pela editora GaiLivros.
Foi ele que indicou as Crônicas de Gelo & Fogo, de George R. R. Martin, para a editora Leya BR e foi convidado pela HBO para ser um dos embaixadores da Exposição Oficial de Game of Thrones no Brasil.
Ele também trouxe a série Wild Cards.
Escrevia na coluna “Cavernas & Dragões” do Sedentário & Hiperativo, e hoje é membro do atual time de um dos podcasts sobre cultura pop mais famosos da internet brasileira, o Rapaduracast.

Ano passado lançou o Fios de Prata - Reconstruindo Sandman.
A história mostra um conflito entre os deuses menores do Sonhar, um plano onde os sonhos das pessoas tomam forma. Onde artistas ganham inspiração para escrever grande obras, ou criar quadros famosos.
Madelein é atual rainha de um condado no Sonhar e uma Musa.
“Tu inspiraste Rowling, e foi nas terras de Morpheus que se moldou Hogwarts. Tu inspiraste Tolkien, e foi nas terras de Phantasos que se anexaram as extensões de Terra-Média. Tu inspiraste Lovecraft e em minhas terras se fixou Miskatonic. Então eu te pergunto com sinceridade, anjo: até onde vai tua vontade de ser coadjuvante em um mundo de formas e pensamentos?”
Uma guerra é provocada entre três deuses,  Morpheus, Phantasos e Phobetor, para conquistar o reino do Sonhar. São sete bilhões de sonhadores terrestres envolvidos. O fio de prata é o que liga a alma da pessoa ao corpo, e eles serão disputados um a um.
É aí que entra Mikael Santiago.
Com 22 anos, ele é um grande jogador brasileiro, prestes a ser a transação mais cara do futebol mundial. Seu apelido é Allejo. E ele começa a ter pesadelos que parecem cada vez mais reais.
Ele conhece Ariana, uma ginasta também brasileira, e os dois se apaixonam. 
Mikael se torna uma peça fundamental na guerra pelo Sonhar, colocando a prova sua promessa de ir até o inferno por sua amada.

O livro cita muitos acontecidos reais em meio a trama, e mesmo que não tivesse não tem como não fazermos associações com tantas notícias que vemos todos os dias.
O principal tema é isso, o poder dos nossos sonhos. 
Quantos não estão perdidos? Quantos são capazes de nos fazer acreditar, ter esperança, buscar algo?
Uma fala da Ariana para o Allejo mostra bem isso:
“- Sabe quantas crianças tu influencia os sonhos todos os dias? Eu não falo de centenas nem de milhares! Eu falo de milhões de crianças ao redor do mundo que querem ser como tu e sonham o mesmo sonho que tu vive!” - pág. 119

Para mim é um livro que todos deviam ler, a história te envolve e não cansa. 
Todos precisam se lembrar de sonhar, porque só cada um pode dar o rumo certo para sua vida.
"- E nada se inventa. Tudo se descobre. Mas antes da descoberta, que na verdade é um entendimento, é preciso o sonho.
- O sonho desperto?
- O sonho desperto..." -
pág. 264

Visite o site do Raphael pra conhecer mais: http://www.raphaeldraccon.com/
Ele também sempre mantém contato pelas redes sociais. Twitter: @raphaeldraccon
Mais um escritor brasileiro honrando o mundo da fantasia e a literatura brasileira.

Já leu Dragões de Éter, ou Fios de Prata?
Ficou com vontade de ler?
Deixe seus comentários.  :)

Até a próxima!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Uma fada escritora

Carolina Munhóz é escritora, jornalista e começou a carreira ainda na adolescência. 
Foto: Leandro Bergamo

Aos 16 anos ela teve um sonho com uma fada, depois de passar por momentos difíceis como a separação dos pais, ser vítima de bullying na escola, até depressão. No dia seguinte ao sonho ela começou a escrever, e assim nasceu A Fada

Mas só 4 anos depois disso, em 2009, é que o livro foi publicado pela primeira vez, por uma editora de Campinas. 
E eu ganhei uma edição autografada por ela.

Ela fez intercâmbio por um ano nos Estados Unidos, como Au Pair, e entrou para o Potterish. Foi com um vídeo dela na premiere de Harry Potter e a Ordem da Fênix, em Los Angeles, que eu a encontrei pela internet.  (:

Em 2011 ela ganhou o Prêmio Jovem Brasileiro como melhor escritora.

 Em 2012 lançou O Inverno das Fadas pelo selo Fantasy - Casa da Palavra, e o livro foi o segundo mais vendido na Bienal. Já chega a quase 20 mil exemplares vendidos.
Os dois se passam na Inglaterra, terra de várias lendas desses seres místicos.

A capa foi escolhida numa votação feita pelo Submarino e a Fantasy.

A história mostra Sophia Coldheart, uma fada da espécie Leanan Sídhe. Uma fada-amante, musa para seres humanos, e que depende disso para viver. É o que lhe fornece energia. Ela é capaz de seduzir e inspirar um homem a escrever um best-seller ou criar uma canção para se tornar um hit mundial. Isso dá o poder para que a pessoa se torne uma estrela, um verdadeiro ícone, mas ao mesmo tempo a destrói, pois suas forças vão acabando, indo tudo para a fada.
Mas o que aconteceria se Sophia se apaixonasse por uma de suas vítimas?
William é um escritor que chama sua atenção, e ele se apaixona logo no primeiro instante, mesmo com ela aparecendo como um sonho.
O destino é cruel, e um deles acabaria morto nessa relação.
Como os dois poderiam mudar isso?
Se uma entidade nos fizesse bambear entre o afeto e a glória, se nos fosse oferecido dons inacreditáveis em prol de um grande preço, qual seria realmente nossa escolha?
Uma vida longa e normal, repleta de amor? Ou uma vida extraordinária e meteórica, à espera da morte trágica?

Nós sabemos vários casos em que grandes artistas tiveram um triste fim, como Kurt Cobain, Amy Winehouse, Heath Ledger, Michael Jackson.
Foi essa a inspiração da Carol ao escrever esse livro. Cada capítulo tem a frase de uma música como título.
Em "Feérica", cada início de capítulo tem uma frase de algum seriado ou reality show.

E em A Fada, relançado também ano passado, tem um conto relacionado com O Inverno das Fadas, chamado Outra Vez na Escuridão, com mais uma história da Sophia.


Melanie descobre que é uma fada ao completar 18 anos. 
Agora ela terá que remexer no passado de sua família para descobrir que tem uma missão que lhe foi designada, encontrando um legado com segredos inimagináveis.
A única parte recompensadora dessa história parece vir do encontro com um bonito homem misterioso, oriundo de uma família de bruxos poderosos. No entanto, a relação dos dois caminha em uma linha tênue entre afeto e fúria.
Um afeto que pode levá-la à transcendência e à vida eterna. Uma fúria que pode conduzi-la à morte e ao esquecimento.
Já foram vendidas 8 mil cópias. A arte do livro é linda, todo desenhado.

E em julho chega Feérica nas livrarias.


Conhecendo o trabalho da Carol, Feérica tem tudo para ser mais um sucesso.
Veja AQUI o post e entrevista sobre o livro.

Visite o site para saber mais sobre a autora: http://www.carolinamunhoz.com/. Ela sempre é atenciosa com os leitores, tenta atender a todos pelas redes sociais.
Twitter: @carolinamunhoz
Ela também participa do podcast do Cinema com Rapadura, bem legal de ouvir.
ADORO!

Gostaram?
Deixe seus comentários.

Até a próxima!

quinta-feira, 4 de julho de 2013

A Outra Face do Desejo - Luis Eduardo Matta

Luis Eduardo Matta é um escritor carioca com vários títulos publicados. Iniciou a carreira aos 18 anos com o thriller Conexão Beirute-Teeran, ambientado no pós-guerra do Líbano, país do qual tem descendência pelo lado paterno. 
O segundo livro Ira Implacável veio quase 10 anos depois, em 2002, e nos anos seguintes lançou 120 Horas, O Véu, e também thrillers juvenis, como O Dia Seguinte. É dele também a série As Bem Resolvidas(?), lançada em 2011.

Agora em 2013 está lançando A Outra Face do Desejo, pela editora Primavera Editorial.

Sinopse:
Durante muito tempo, a publicitária Fernanda Soares de Lima, de 36 anos, teve um casamento estável, porém monótono, com um homem carinhoso e bem-sucedido. Quando o marido morre inesperadamente, a redoma de segurança que ela ergueu em torno de si é rompida e emoções há muito tempo adormecidas vêm à tona. A principal é a lembrança da única grande paixão da sua vida, Ricardo, que Fernanda conheceu no final da adolescência e nunca mais viu desde então. Esse, porém, está longe de ser o maior problema da sua nova fase de vida. Fernanda ainda tem que lutar contra o ódio doentio da sogra, Adelina Figueroa, devastada pela perda súbita do único filho. Adelina jamais aceitou o casamento deles, e culpa Fernanda por todos os problemas que ele enfrentava: desde o fato de não ter tido netos até uma suposta depressão que teria apressado a morte do filho. Então, Adelina decide se vingar e arquiteta um plano diabólico para destruir a nora. A situação se agrava quando a melhor amiga de Fernanda é inexplicavelmente assassinada, transformando todos à sua volta em potenciais suspeitos. 
Em meio ao mistério em torno do crime, Fernanda tem sua vida abalada por uma sucessão vertiginosa de episódios inexplicáveis e aterrorizantes que ameaçam arruiná-la. E enquanto procura desesperadamente entender o que está acontecendo, ela reencontra sua antiga paixão, sem imaginar que ele pode se transformar no seu maior pesadelo. 
Misturando drama, amor, mistério e suspense, A outra face do desejo é um thriller envolvente que conduz o leitor pelos labirintos dos conflitos existenciais e afetivos até um desfecho surpreendente e assustador.

Para quem gosta do gênero de suspense, mistério, e também romance, é uma ótima opção de leitura. Agatha Christie, uma das melhores do gênero policial, é uma das inspirações do autor. 
Nossa literatura tem grandes obras e o trabalho de autores como o Luis Eduardo merece ser conhecido e divulgado.
Visite o site pra conhecer mais: http://www.lematta.com/ 
Tem títulos para todos os gostos, são grandes histórias.

As meninas vão adorar As Bem Resolvidas, quem conhece Gossip Girl, Pretty Little Liars. 

Em 2011 a revista Capricho fez um concurso pra escolher a garota da capa do 2º volume, e teve participação de mais de mil garotas que mandaram suas fotos.

Confira e depois me conte o que achou.  (;

Até a próxima, beijos.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

O Cavaleiro Solitário

Outra estreia dos cinemas no mês de julho é O Cavaleiro Solitário, com Johnny Depp e Armie Hammer, de A Rede Social e J. Edgar. 
Helena Bonham Carter também está no elenco, e essa é a primeira vez que ela e o Johnny atuam juntos sem ser em um filme dirigido pelo Tim Burton.
O diretor é Gore Verbinski, o mesmo da trilogia Piratas do Caribe, O Chamado, Rango. 
O lançamento no Brasil é em 12 de julho.



The Lone Ranger foi um seriado nos Estados Unidos que começou no rádio em 1930 e em 1949 ganhou uma versão na TV. Foi um grande sucesso até ser cancelado em 1957, e também ganhou um filme em 1981.

Na história ambientada no Texas em 1869, John Reid é um advogado que acaba de retornar à sua cidade-natal, onde vive seu irmão Dan, a cunhada Rebecca e o sobrinho Danny. John está disposto a cumprir a justiça ao pé da letra, levando os criminosos ao tribunal, apesar da resistência local. Ao acompanhar o irmão e outros Texas Rangers (policiais rurais do Texas) em uma patrulha pelo deserto, o grupo é atacado pelos capangas de Butch Cavendish, um bandido que tem a fama de comer carne humana. John fica à beira da morte, mas sobrevive. O índio Tonto o encontra e, ao perceber que um cavalo branco escolhe John, passa a ajudá-lo. Tonto acredita que John foi escolhido por um mensageiro espiritual e que, como voltou da morte, não pode mais ser morto. A partir de então John passa a usar uma máscara e, ao lado de Tonto, faz de tudo para reencontrar Cavendish e fazer justiça.

Veja o trailer:

 
Primeiro foi Ryan Gosling que ficou com o papel de John Reid, mas teve que abandonar por conta de outros projetos.
Parte do elenco assinou contrato para três filmes, mas ainda não se sabe se terá continuação. Depende da repercussão e do quanto ele arrecadar nas bilheterias.

Gostaram?
O que esperam do filme? Será que o índio Tonto do Johnny Depp vai ser mais um sucesso na carreira do ator?

Até a próxima, beijos.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Guerra Mundial Z

Dia 28 de junho estreou Guerra Mundial Z, com Brad Pitt, que também é produtor do filme, Mireille Enos, James Badge Dale, que fez Homem de Ferro 3 e também estará em O Cavaleiro Solitário, e David Mors. O diretor é Marc Foster, o mesmo de  007 - Quantum of Solace e O Caçador de Pipas.


Foi baseado no livro de Max Brooks, também autor de O Guia de Sobrevivência aos Zumbis. 
Na história, uma doença se espalha pelo mundo todo, transformando as pessoas em uma espécie de zumbi. O governo americano convoca o ex-investigador da ONU Gerry Lane para investigar a origem da epidemia, para assim salvar o resto da humanidade. Ele tem de deixar a esposa e filhas, que ficarão protegidas. Começa uma corrida contra o tempo, e nenhum lugar está a salvo dos seres descontrolados em busca de alimento. E o número da população humana não para de diminuir.

Veja o trailer.

A banda Muse teve duas músicas na trilha sonora. Isolated System foi escolhida pelo próprio Brad Pitt, e também está no álbum The 2nd Law. Eles se apresentaram no lançamento do filme em Londres.

No vídeo tem algumas cenas do filme.


Uma pena que a Paramount cancelou a vinda de Brad e do diretor ao Brasil para promover o filme, devido aos protestos que aconteceram por todo o país.

Um filme de muita ação que traz mais uma vez um cenário de catástrofe na Terra, e a luta dos sobreviventes pela salvação. Cheio de efeitos e com história bem estruturada, e para ter censura de 13 anos nos EUA (14 no Brasil) não é tão sanguinário como outros filmes de zumbi. 

Pode ser que façam uma trilogia. Foi sucesso na bilheteria e o diretor e Pitt já mostraram interesse em uma continuação.

Esse poster mostra o Rio de Janeiro também destruído. Reparem no bando escalando o Cristo.

Gostaram?
Deixe seus comentários sobre o filme, e sobre outras histórias de zumbi que conhece.

Até a próxima, beijos.